23 março 2007

Gajas...

É sempre a mesma coisa, não podem ver um bébé para ficarem todas derretidas. Ele é pegar ao colo, ele é agarrar-lhe as mãozinhas, ele é fazer todo o tipo de caretas para o menino rir, ele é começar a falar como se este pudesse compreender: "Olha que coisinha mai linda."; "Ai que bonitinho que ele é."; "Cutchi-cutchi, é só coceguinhas nos pés!"; "Faz pu-pu faz!".
Coitada da criança... ainda não fez nada na vida e já é famosa. O bébé a certa altura deve pensar:"O que estão a fazer estas pessoas esquisitas de roda do meu carrinho e porque é que não falam normalmente? É só gu-gu e dá-dá... Será que me podiam devolver-me a mão? E já agora dá para não me darem palmadas no rabo ou querem que eu quando crescer seja adepto do masoquismo?"



O mais engraçado das gajas é:


Pergunta: "Então e tu quando é que tens um destes?
Resposta: "Eu!? Nem pensar nisso!"


Mas o facto é que quando vêm o raio da criatura ficam loucas! Por isso a única coisa que poderei dizer é: GAJAS!!! Não há como não gostar delas, não é?

4 comentários:

Taberneiro disse...

lá esta. é um bicho tão chato mas ao mesmo tempo tão irresistével que acaba sempre por levar a melhor. Beijo a elas!

Anónimo disse...

São todas umas putas

Foxylady disse...

Hum gostas de filmes? E daqueles duros tb?
Visita-me no Mão Crua mas não te assustes.

p.s. sim as lagrimas são verdadeiras...


LOLOLOL


beijosss, voltarei


(eu tenho tendência a fugir dos putos)

SinemaS disse...

E quem te diz a ti que eu não sou um puto??? ;)
Mas o que realmente interessa são os filmes e digo-te que gosto de qualquer um... desde que tenha uma história, um significado, um conceito, uma ideia... seja ele de amor, de gangsters, de cowboys ou até mesmo daqueles duros que referes, desde que tenha algum significado, mensagem ou simplesmente pelo entretenimento e prazer.

Não tenho qualquer preconceito em relação ao que quer que seja, tenho a mente aberta e sou ateu, a partir daí tudo o que vier é conhecimento.
Por isso serás sempre bem-vinda a este espaço.